25 de outubro de 2018

Sócrates e Alcibíades

Anton Petter - Sócrates e Alcibíades

“Por que honras, sagrado Sócrates,
“Sempre esse jovem? Não conheces nada maior?
“Por que o fitam com amor,
“como aos deuses, os teus olhos?”

Aquele que pensou o mais fundo ama o mais [vivaz,
Aquele que encarou o mundo entende a [juventude altiva
E enfim frequentemente os sábios
curvam-se aos belos.

Friedrich Hölderlin (1770-1843)
Tradução: Antonio Cicero

Nenhum comentário: