20 de dezembro de 2018

O Amanhã

Loretta Lux
Aos vinte anos disseram-me: “Há
Que sacrificar-se pelo amanhã”.
E oferecemos a vida no altar
Do deus que nunca chega.
Gostaria de me encontrar já no final
Com os velhos mestres desse tempo.
Teriam que dizer-me se de verdade
Todo o horror de hoje era o amanhã.

José Emilio Pacheco (1939-2014)

Nenhum comentário: