9 de dezembro de 2018

Canção tola

arquivos Mirrorpix
- Mamãe.
Eu quero ser de prata.
- Filho, terás muito frio.
- Mamãe.
Eu quero ser de água.
- Filho, terás muito frio
- Mamãe.
Borda-me em tua almofada.
- Isso sim! Agora mesmo!

Federico Garcia Lorca (1898-1936)
Tradução: William Agel de Melo

Nenhum comentário: