16 de julho de 2018

Porque o vinho é o espelho dos homens

Giovanni Maria Bottalla
Humedece de vinho a garganta, que o astro
já voltou. É penosa
a estação e tudo
esmorece com o calor. Entre
a folhagem, docemente
a cigarra canta… Floresce
o cardo. É a hora
em que as mulheres se tornam
mais fogosas e mais fracos
os homens, pois que Sírio
as cabeças abrasa e os joelhos.

Alceu de Mitilene (621 a. C. – 560 a.C.)
Tradução: Albano Martins

Nenhum comentário: