7 de maio de 2017

Que isto seja esquecido

Nikolai Petrovich Bogdanov-Belsky
Que isto seja esquecido como uma flor, ou como
fogo de áureo gorgeio que ninguém já relembre...
É bom amigo, o tempo, que nos traz a velhice.
Que isto seja esquecido e para todo o sempre.

E se alguém perguntar, dize _ foi esquecido
há muito, muito tempo,
como uma flor, um fogo, uma surda pegada
numa neve esquecida há um tempo imenso...

Sara Teasdale (1884-1933)
Tradução: Cecília Meireles

Nenhum comentário: