20 de maio de 2017

O amor e o amante

Luiz Pinto
És mesmo amor? Passa o fogo
Cruza com asas o mar,
Desperta na vida o sonho,
Dá formosura ao real.

Ou és apenas a sombra?
Cobre com teu resplendor
Tua mentira: que a sombra
Vença o forte, o puro amor.

Luis Cernuda (1902-1963)
Tradução: Antonio Cicero

Nenhum comentário: