15 de fevereiro de 2017

O Sol Acabava de Descer

Frederic Edwin Church
O sol acabava de descer para a noite,
Sobre as mansas colinas
Onde a erva se mistura ao pesado maciço das árvores.
E a terra era bela,
Mais bela e solitária
Como jamais a brisa a tinha visto,
A brisa terna,
Que torna a erva mais fresca ao cair do dia,
Que dá às vagas azuis mais vida e brilho,
E entreabre de repente as frágeis nuvens brancas,
Que parecem ser ao longe
Os fantasmas dos orvalhos celestes
Fugindo.
E tinham volteando durante a manhã inteira
Sobre as flores do azul, celeste alimento.
Agora se vão para os céus dos regressos,
Que primeiro conheceram seu glorioso esplendor.

Emily Brontë (1818-1848)
Tradução: Lúcio Cardoso

Nenhum comentário: