21 de fevereiro de 2017

As Janelas

Charles Camoin
As janelas dão sempre para estarmos
a ver por elas o que não se vê
– o ponto onde o fenómeno é epifania de ato,
a palpitar por trás no tempo só de ser.

E deitam a crescer de forma tal que quando
veem melhor, crescer
é, sobretudo, emudecer seu quadro
no pulso imperceptível que toda a ausência tem.

Fernando Echevarría

Nenhum comentário: