24 de dezembro de 2016

À Procura do Natal

Dante Gabriel Rossetti
Caminharei em busca do presépio
A noite inteira, meu Senhor.
Não haverá, porém, nenhuma estrela,
Para guiar meus passos.
Todas as estrelas estarão imóveis
No céu imóvel.
Caminharei em busca do presépio
A noite inteira, meu Senhor.
As estradas, porém, estarão solitárias,
Tudo estará adormecido,
As luzes das casas, apagadas,
As vozes dos peregrinos terão morrido
na distância sem fim.

Caminharei ansioso à tua procura,
Mas estarei tão atrasado,
O tempo terá caminhado tão na minha frente,
Que me será difícil encontrar teu recanto humilde.
Cansado, encontrarei grandes cidades,
Mas a tua cidade, Senhor, terá desaparecido.

Muitos se rirão de mim, sabendo que te procuro.

Não haverá nenhuma estrela
Para mostrar o lugar em que te encontras.
Todas as estrelas estarão imóveis no céu...

Augusto Frederico Schmidt (1906–1965)

Nenhum comentário: