22 de novembro de 2016

UNICAMP – Vestibular 20/11/2016

“Hitler considerava que a propaganda sempre deveria ser popular, dirigida às massas, desenvolvida de modo a levar em conta um nível de compreensão dos mais baixos. (...) O essencial da propaganda era atingir o coração das grandes massas, compreender seu mundo maniqueísta, representar seus sentimentos.”
(Lenharo, Nazismo: o triunfo da vontade. São Paulo: Ática,1986, p. 47-48.)

Sobre a propaganda no nazismo, é correto afirmar:
  1. ( ) O nível elementar da propaganda era contraposto às óperas e desfiles suntuosos que o regime nazista promovia.
  2. ( ) A propaganda deveria restringir-se a poucos pontos, como o enaltecimento da superioridade racial e a defesa da democracia.
  3. ( ) O cinema e a produção artística foram as áreas que resistiram ao sistema de propaganda do nazismo na Alemanha do final da década de 1930.
  4. () A propaganda deveria estimular o ódio das massas contra grupos específicos, como os judeus, negros, homossexuais e ciganos.
Resolução:
Desenvolvida sob a liderança de Joseph Goebbels, auxiliado por uma equipe qualificada de diretores, roteiristas e outros profissionais da área, a propaganda nazista baseou-se em alguns preceitos básicos capazes de conquistar a massa e manipulá-la de modo eficiente.
A teoria racial sustentada pelo Nazismo buscava estimular o ódio contra judeus e os grupos "indesejáveis" da sociedade através de uma linguagem simples, grandes manifestações coletivas com profusão de símbolos e elementos nacionalistas, tais como as óperas de Wagner.
Por meio de exposições artísticas, desfiles, filmes e competições esportivas, o preconceito racial e a suposta superioridade ariana eram constantemente exaltadas.

Nenhum comentário: