17 de novembro de 2016

O Vento Muda

Charles White
É assim que muda o vento:
Como os pensamentos de um velho humano,
Que pensa ainda ardentemente,
Desesperadamente.
O vento muda assim:
Como uma humana sem ilusões,
Que sente ainda coisas irracionais dentro de si.
O vento muda assim:
Como humanos chegando irritadamente.
É assim que muda o vento:
Como um humano, pesado, pesado,
Que quer lá saber.

Wallace Stevens (1879-1955)
Tradução: Jorge Fazenda Lourenço

Nenhum comentário: