31 de outubro de 2016

O tempo despiu o seu manto

Vincent Van Gogh
O tempo despiu o seu manto
De chuva e de vente gelado:
Vestiu-se de ouro em brocado,
Fiado do sol claro e santo.

E diz todo bicho, em seu canto
E jargão, sem asas e alado:
O tempo despiu o seu manto.

O córrego, o regato e a fonte,
Em sua libré aristocrata,
De gotas de jóias de prata,
Festejam as roupas do encanto:
O tempo despiu o seu manto.

Charles of Orléans (1394-1465)

Nenhum comentário: