1 de setembro de 2016

Taquaritinga

Matizes Dumont
Cidade:
nas ruas em pé
eternas namoradas
me espreitam

eu é que não posso vê-las

Cidade:
no jardim a fonte
insiste em jorrar
suas águas luminosas

só que me falta a sede

Cidade:
agora nem as pedras
me conhecem.

José Paulo Paes (1926-1998)

Nenhum comentário: