18 de julho de 2016

Uma espécie de Canção

Mysterious Park
Que a cobra fique à espera sob
suas ervas daninhas
e que a escrita se faça
de palavras, lentas e prontas, rápidas
no ataque, quietas na tocaia,
sem jamais dormir.

– pela metáfora reconciliar
as pessoas e as pedras.
Compor (Ideias só nas coisas)
Inventar! Saxífraga é a minha flor que fende
as rochas.

William Carlos Williams (1883-1963)
Tradução: José Paulo Paes

Nenhum comentário: