6 de julho de 2016

Recorda

Clement Belle
Formosa vida que passou e parece não passar mais...
Desde agora, aprofundo
sonhos na memória: e estremece
a eternidade do tempo lá no fundo.
E de repente um remoinho cresce:
sorve-me, arrasta-me, até que me afundo
numa gruta aonde vai, precipitado,
para sempre, sumindo-se, o passado.

Jaime Gil de Biedma (1929-1990)
Tradução: José Bento

Nenhum comentário: