13 de junho de 2016

O Jardim

Vincent Van Gogh
Como um novelo de seda solta soprado contra um muro
Ela caminha pela balaustrada de uma rota de acesso
aos Jardins de Kensington,
E está morrendo aos bocados
de um tipo de anemia emocional.

Ao redor há uma turma
de sujos, robustos, inextinguíveis infantes dos muitos pobres.
Eles herdarão a terra.

Ela é o fim de uma estirpe.
Seu tédio é requintado e excessivo.
Ela gostaria de alguém para conversar,
E está algo receosa de que eu
venha a cometer tal indiscrição.

Ezra Pound (1885-1972)
Tradução: Augusto de Campos

Nenhum comentário: