17 de junho de 2016

Meditação

Talya Johnson
A gente começa a amar
Por simples curiosidade,
Por ter lido num olhar
Certa possibilidade.

E como, no fundo, a gente
Se quer muito bem,
Ama quem a ama, somente
Pelo gosto igual que tem.

Pelo amor de amar começa
A repartir dor por dor.
E se habitua depressa
A trocar frases de amor.

E, sem pensar, vai falando
De novo as que já falou…
E então, continua amando
só porque já começou.

Paul Géraldy (1885-1983)
Tradução: Guilherme de Almeida

Um comentário:

Sonia disse...

rs...faz sentido!