9 de abril de 2016

Infância

Simon Vouet
O Largo... a Igrejinha...
E nós meninos rezando.

Na carícia dos sons, a capela sorria
(era uma CIRANDA em volta do altar).

Hoje
o lugar ainda é o mesmo:
a Igrejinha
o altar
os meninos...

Mas onde onde estão as mãos
que seguravam as minhas?

Ricardo Marques

Nenhum comentário: