24 de abril de 2016

Fila Indiana

Steve Hanks
Um atrás do outro, atrás um do outro,
ano após ano, ano após outros,
minuto após minuto, século
após séculos, continuam

(a conduzir seus madeiros
na perícia dos próprios dramas)

um atrás do outro, atrás um do outro,
ano após ano, ano após outros,
minuto após minuto, século
após séculos, e de novo

um atrás do outro, atrás um do outro,
até a surdez final do pó.

Nauro Machado (1935-2015)

Um comentário:

Maria Rodrigues disse...

E o tempo vai passando ....
Lindo poema
Um abraço
Maria