14 de abril de 2016

Chora em meu coração

Paul Hartal
Chora em meu coração
Como chove na cidade :
Que lassidão é esta
Que invade meu coração?
Oh doce rumor da chuva
Na terra e nos telhados!
Num coração que se enfada
Oh o canto da chuva!

Chora sem razão
Neste coração exausto.
O quê! nenhuma traição?...
Este luto é sem razão.

E é bem a dor maior
A de não saber porquê
Sem amor e sem rancor
Meu coração tanto dói!

Paul Verlaine (1844-1896)
Tradução: Amélia Pais

Nenhum comentário: