1 de abril de 2016

A Emigração dos Poetas

Domenico Peterlini: Dante no Exílio
Homero não tinha morada
E Dante teve que deixar a sua.
Li-Po e Lu-Tu andaram por guerras civis
Que tragaram 30 milhões de pessoas
Eurípides foi ameaçado com processos
E Shakespeare, moribundo, foi impedido de falar.
Não apenas a Musa, também a polícia
Visitou François Villon.
Conhecido como “o Amado”
Lucrécio foi para o exílio.
Também Heine, e assim também
Brecht, que buscou refúgio
Sob o teto de palha dinamarquês.

Bertolt Brecht (1898-1956)
Tradução: Paulo César de Souza

Nenhum comentário: