20 de março de 2016

Sei de uma hora

René Magritte
Sei de uma hora
em que todos os relógios me fuzilam
e eu caio em tantos segredos
que nem sei
se são meus.

Gi T.Sousa

Nenhum comentário: