30 de março de 2016

Poema

Jan Mostaert
Tu és o Vivente
sem que momento algum te determine
sem um tempo
sem um sopro ou uma alma
pois Tu és a alma da alma
Tua vida
não se compara à de um homem
tão semelhante ao nada

Quem souber teu segredo
gozará eternas delícias.

Salomão Ibn Gabirol (1021-1058)
Tradução: José Tolentino Mendonça

Nenhum comentário: