10 de fevereiro de 2016

Vestibular

Charles Laplante
O filósofo Aristóteles (384-322 a.C.) definiu a cidadania em Atenas da seguinte forma: A cidadania não resulta do fato de alguém ter o domicílio em certo lugar, pois os estrangeiros residentes e os escravos também são domiciliados nesse lugar e não são cidadãos. Nem são cidadãos todos aqueles que participam de um mesmo sistema judiciário. Um cidadão integral pode ser definido pelo direito de administrar justiça e exercer funções públicas.
(Adaptado de Aristóteles, Política. Brasília: Editora UnB, 1985, p. 77-78.)
a) Indique duas condições para que um ateniense fosse considerado cidadão na Grécia clássica no apogeu da democracia.
b) Os estrangeiros, também chamados de metecos, não tinham direitos integrais, mas tinham alguns deveres e direitos. Identifique um dever e um direito dos metecos.
Resolução:
a) Ser homem, maior de 21 anos, nascido em Atenas, filho e pais atenienses; essas condições, em conjunto, garantiam que o cidadão deveria participar da vida publica da cidade – sendo assim considerado cidadão político.

b) Em relação aos deveres, o candidato poderia mencionar o pagamento de impostos -sobretudo o de residência –obrigatório para a permanência de um estrangeiro em Atenas.
Vale lembrar que, apesar de ter alguns direitos, os metecos não tinham direito à participação política e à vida publica, conforme indica Aristóteles no fragmento.

Nenhum comentário: