4 de fevereiro de 2016

A Alma em Fuga

John William Waterhouse
Buscaram, já rompendo a madrugada,
olhos e braços meus sua presença,
e só achei, como sinal da ausência,
o oco da sua fronte na almofada.

Oh, que correr a angústia desatada,
que ulular
¹ na amplidão minha demência,
que farejar nos âmbitos a essência
da fugitiva planta perfumada!

Amigos, que elogiais sua formosura,
não me deixeis sozinho na amargura
do transe doloroso e imprevisto.

Perscrutai o perfil dos horizontes!
Batei os campos, derrubai os montes!
Por piedade, dizei se a tendes visto!

Enrique González Martínez (1871-1952)
Tradução: Renato Suttana
¹Ulular = Gritar como aves noturnas.

Nenhum comentário: