20 de dezembro de 2015

Uma Saudação de Natal

Paul Gauguin
(De uma constelação do Norte para uma do Sul, 1889-1890)
Bem-vindo, irmão brasileiro – teu amplo lugar está pronto; uma mão amorosa – um sorriso do norte – um pronto e caloroso aceno, cheio de sol!
(Deixa o futuro cuidar de si, onde revele seus problemas e empecilhos; nossos, nossos o anseio presente, a meta democrática, a aceitação e a fé); hoje, para ti se estende o nosso braço, se volta a nossa cabeça – para ti se volta o nosso olho expectante, tu livre de embaraços, tu, que és claro, refulgente! tu, aprendendo bem a lição verdadeira da luz de uma nação em pleno céu (brilhando mais do que a Cruz, mais do que a Coroa), as alturas de ser esplêndida humanidade!
Walt Whitman (1819-1892)
Tradução: Renato Suttana

Nenhum comentário: