9 de dezembro de 2015

Homem que descansas à sombra das árvores

Henry Scott Tuke
Homem que descansas à sombra das árvores,
com um cesto de frutas cercado de abelhas,
a camisa aberta, o sol derramando
pela tua barba pétalas vermelhas,

– vires de tão longe, do reino da Fábula
para adormeceres nesta humilde estrada!
De onde são teus sonhos? De que céus e areias?
Que é da tua vida, ó sultão do nada?

Cecília Meireles (1901-1964)

Nenhum comentário: