24 de dezembro de 2015

Arvorezinha

Viggo Johansen - Silent Night
Arvorezinha
silente arvorezinha de Natal
és tão pequena
que mais pareces uma flor

quem te encontrou no verde bosque
e triste ficaste porque dele te levaram?
olha vou te consolar
porque tens um perfume tão doce

vou beijar tua fresca casca
e te abraçarei bem apertado
tal como tua mãe o faria,
basta que não tenhas medo

atenta para os ornamentos
que dormem o ano inteiro numa caixa escura
sonhando em sair de lá para poderem brilhar,
as bolas os adereços em dourado e vermelho os filetes macios,

levanta teus bracinhos
que eu te os darei todos para segurar
cada dedo há de ter o seu anel
e não haverá um único local triste ou escuro

então quando estiveres bem vestida
ficarás na janela para que todos possam te ver
e como vão te olhar!
oh mas como estarás orgulhosa

e minha irmãzinha e eu nos daremos as mãos
e olhando a nossa bela árvore
vamos cantar e dançar
“Noel Noel”.

E.E.Cummings(1894-1962)

Nenhum comentário: