28 de novembro de 2015

Transcender

George Inness
Os espaços, um a um, devíamos
Com jovialidade percorrer,
Sem nos deixar prender a nenhum deles
Qual a uma pátria.

O Espírito Universal não quer atar-nos
Nem nos quer encerrar, mas sim
Elevar-nos degrau a degrau, nos ampliando o ser.

- Hermann Hesse, Trecho de "O Jogo das Contas de Vidro".
Tradução: Lavínica Abranches Viotti e Flávio Vieira

Nenhum comentário: