22 de novembro de 2015

O louco aprende a ser sábio

Cynthia Decker
O louco aprende a ser sábio à sua própria custa. Pois há duas coisas, sobretudo, que impendem o homem de chegar a conhecer bem as coisas: a vergonha, que ofusca sua alma, e o temor, que lhe mostra o perigo e o desvia de empreender grandes ações.
Ora, a loucura nos livra maravilhosamente dessas duas coisas. Poucos percebem a quantidade de outras vantagens que obtêm os que renunciam para sempre à vergonha e ao temor.
Há talvez os que prefiram a prudência que consiste em fazer a ideia justa das coisas; mas escutai-me, por favor. Vereis o quanto as pessoas estão afastadas dessa virtude, mesmo quanto creem possui-la por inteiro.
Erasmo de Rotterdam (1466-1536), in “Elogio da Loucura”.
Tradução: Paulo Neves

Nenhum comentário: