24 de outubro de 2015

Viagem ao Oeste

Loren Adams:
Houve um tempo de descobertas −
Para os promontórios que assomam além da
Primeira luz, a ressaca do mar e o
Pio das gaivotas: para a curva da
Costa norte em segredo.

Passado é esse tempo.
As últimas terras foram povoadas.
Os oceanos são agora conhecidos.

Señora: uma vez que todos os mapas têm sido elaborados
Um homem estaria melhor morto do que à procura de novos continentes.

Seria preferível que um homem jamais houvesse nascido
A encontrar flores sobre o oceano aberto
Distanciadas de ilhas onde não existem ilhas,

Ou à meia-noite, sem qualquer terra à vista,
Cheiro no ar a alterar o olor do alecrim.

Nenhuma ventura supera esse infortúnio –

Erguer-se acima da noite celeste,
Certa como o sol e o mar, uma recém-descoberta terra,
Escarpada a partir de um oceano de onde seja impossível avistá-la.

Archibald MacLeish (1892-1982)
Tradução: J. A. Rodrigues

Nenhum comentário: