1 de outubro de 2015

Regresso

Umberto Boccioni
Quanto mais longe vou, mais perto fico
De ti, berço infeliz onde nasci.
Tudo o que tenho, o tenho aqui
Plantado.
O coração e os pés, e as horas que vivi,
Ainda não sei se livre ou condenado.

Miguel Torga (1907-1995)

Nenhum comentário: