14 de setembro de 2015

II. Uma Partida de Xadrês (fragmentos)

Ludwig Deutsch - The Chess Game
"Os meus nervos estão mal esta noite. Sim, mal. Fica ao pé de mim.
"Fala comigo. Porque é que nunca falas? Fala.
"Em que estás a pensar? Em que pensas? Em quê?
"Nunca sei em que estás a pensar. Pensa."

Penso que estamos na viela dos ratos
Onde os mortos perderam os seus ossos.

"Que ruído é este?"
O vento sob a porta.
"Que ruído é este agora? O que está o vento a fazer?"
Nada de novo nada.
"Não
"Sabes nada? Não vês nada? Não te lembras
"De nada?"

Lembro-me
Que aquelas são pérolas que eram os seus olhos.
"Estás vivo ou não? Não há nada na tua cabeça?"

T.S. Eliot (1888-1965)
Tradução: Maria Amélia Neto

Nenhum comentário: