16 de agosto de 2015

Partida

Jacques-Louis David
Oh, por que você está brilhando tão forte Sol, grande,
e por que é o jardim tão gay?

Você sabe que meus dias de alegria são feitas,
você sabe que eu vou embora?

Se você cobriu o rosto com uma nuvem, eu sonhei que
você estava com pena de mim na minha dor,
e os chefes de todas as flores curvaram parece
estar chorando comigo na chuva.

Mas por que é a cabeça tão baixa, o coração doce,
e por que são os seus olhos nublados?

São nebulosos porque você sabe que deve parte,
você acha que este abraço é o nosso passado?

Então beije-me novamente, e novamente, e novamente,
olhe para cima como você manda-me adeus!

Para o seu rosto é demasiado caro para a mancha
de uma lágrima, e seu sorriso é o sol no meu céu.
Henry Van Dyke (1852 -1933)

Nenhum comentário: