29 de julho de 2015

Unidade

Sérgio Milliet - Auto retrato
Jamais seremos um mais de um minuto!

Todas as forças se concentram
todos os desejos se enrijam
todos os anseios se sublimam
na urgência de sermos um...

Mas apenas desprende-se a centelha
já se quebram todas as molas,
inexorável dualidade!
Jamais seremos um mais de um minuto!

Sérgio Milliet (1898-1966)

Nenhum comentário: