19 de julho de 2015

A Roda

Paul Cézanne
No inverno clamamos pela primavera,
E na primavera invocamos o verão,
E quando as sebes se tornam abundantes
Declaramos que o inverno é a melhor das estações;
Mas logo depois afirmarmos que nada há de bom
Porque a primavera ainda não chegou –
Mal sabemos que o que perturba o nosso sangue
É somente o seu vívido anelo fúnebre.

William Butler Yeats (1865 -1939)
Tradução: J. A. Rodrigues

Nenhum comentário: