11 de julho de 2015

A Revolução é a Semente

Steve Hanks
A revolução é a semente
De onde saem os sistemas.
Quando sopram os ventos da vontade
Excelente é a flor.

Mas, exceto pelo cepo áspero
Todo verão é
O coveiro de si mesmo,
E da liberdade.

Abandonada no caule
Toda a sua púrpura fugiu.
A revolução sacude-a
Para provar se está morta.

Emily Dickinson (1830-1886)
Tradução: Vera das Neves Pedroso

Nenhum comentário: