29 de junho de 2015

Filha do Sol e da Lua

Sara M Butcher Burrie
Filha do Sol e da Lua!
Digo baixinho, se passas,
Se te encontro pela rua...

Filha do Sol e da Lua!
És do Sol, sim, por ser loira
Essa cabeleira tua.

Filha do Sol e da Lua!
Da Lua, sim, por ser branca
A carne que trazes nua.

Tranças d’oiro..., tranças d’oiro...
Filha do Sol e da Lua!
Transformam-te num tesouro.

Teus olhos, que são dois astros,
Filha do Sol e da Lua!
Deixa os contemple de rastros.

E te manche as finas vestes,
Filha do Sol e da Lua!
Com estes lábios agrestes...

Que doçura a imagem tua,
De fogo e neve celestes...
Filha do Sol e da Lua!

Gentil Valadares (1916-2006)

Nenhum comentário: