6 de março de 2015

Café Notre Dame

Claude Théberge - Le Voile Rose
Uma espécie de trauma sexual
prende um casal abismado
Ele está segurando as duas mãos dela nas suas
Ela está beijando as mãos dele
Estão olhando-se nos olhos de muito perto
Ela tem um casaco de peles
feito duma centena de coelhos correndo
Ele tem um casaco clássico sombrio
e calças cinza-de-pardo
Agora estão a examinar as palma das mãos um do outro
como se fossem mapas de Paris ou do mundo
como se estivessem à procura do Metrô
que os levasse juntos através dos caminhos subterrâneos
através das «estações do desejo»
até ao terminal do amor
até às portas da cidade-luz
É um caso sem saída e estão perdidos
nas linhas cruzadas
das suas palmas enlaçadas
suas linhas de cabeça e linhas de coração
suas linhas de sorte e linhas de vida
ilegíveis e misturadas
no mons veneris
da sua paixão.

D(avid) H(erbert) Lawrence (1885-1930)
Tradução:André e Isabelle Lima

Nenhum comentário: