20 de março de 2015

Amei-te

Jean Antoine Watteau
Amei-te primeiro em sonhos,
Quando era distância e eu solidão

Depois amei-te em olhares,
Porque as palavras não cumpriam função.

Aí então amei-te aos poucos,
Devagar
Pra que a música pudesse tocar
e eu sentisse a dança em mim.

Suzana da Costa Lonho

Nenhum comentário: