6 de dezembro de 2014

Metamorfose

Carlos Julião - Mineração de Diamantes
Meu avô foi buscar prata
mas a prata virou índio.

Meu avô foi buscar índio
mas o índio virou ouro.

Meu avô foi buscar ouro
mas o ouro virou terra.

Meu avô foi buscar terra
e a terra virou fronteira.

Meu avô, ainda intrigado,
foi modelar a fronteira:

E o Brasil tomou a forma de harpa.

Cassiano Ricardo (1895-1974)
Martim Cererê
O autor, no seu poema Metamorfoses se refere às varias transformações verificadas no território brasileiro. Tais "metamorfoses" presentes acima se referem ao processo histórico de penetração e ocupação do território nacional e a delimitação das nossas fronteiras.

Nenhum comentário: