24 de outubro de 2014

Respiro-te

Marcus Stone
Respiro-te por teus poros
na ânsia de nada perder
de sermos dois, mas um.
Nada deixar, nada exceder
a não ser essência
que te impregna,
que nos envolve,
que me absorve
por teus poros.

Donald Malschitzky

Nenhum comentário: