13 de outubro de 2014

Flor na muralha fendida

John William Waterhouse
“Flor na muralha fendida,
eu colho-te das fendas,
seguro-te aqui, raiz e tudo, na minha mão,
pequena flor… mas se eu pudesse compreender
o que tu és, raiz e tudo, e tudo em tudo,
eu deveria saber o que Deus e o homem é.”

Alfred Lord Tennyson (1809-1892)
Tradução: Octávio Santos

Nenhum comentário: