9 de setembro de 2014

A Noite Bela

Manfred von Pentz
Que canto levantou-se esta noite
que entretece
com o cristalino eco do coração
as estrelas

Que festa vernal
de coração em núpcias

Fui
um charco de trevas

Hoje mordo
como uma criança a teta
o espaço
Hoje estou bêbado
de universo.

Giuseppe Ungaretti (1888-1970)
Tradução: Geraldo Holanda Cavalcanti

Nenhum comentário: