13 de setembro de 2014

Quanto possas

Carl Friedrich Deckler
E se não podes fazer tua vida como a queres,
esforça-te pelo menos nisto,
quanto possas: não a degrades
na convivência demasiada com pessoas,
nos demasiados movimentos e colóquios.

Não a degrades levando-a,
trazendo-a frequentemente e expondo-a
à estupidez cotidiana
das relações e das companhias,
até que se torne pesada como uma estranha.

Konstantinos Kaváfis (1863-1933)
Tradução: José Paulo

Nenhum comentário: