28 de agosto de 2014

Sonho

Virgílio Lopes Rodrigues - Vista do Rio
Penso que devo ter adormecido por algum tempo;
Pois quando acordei tinhas vindo e partido.
Apenas algumas flores permaneciam -
Flores que não podiam sequer dizer quem eram...
E uma fragrância vaga e suave no ar.

Esta noite tenho de sonhar um sonho mais longo
Para que as flores falem
E a sua fragrância estenda um trêmula ponte
Ente nós.
Purushottam Shivaram Rege (1910–1978)
Tradução: Cecília Rego Pinheiro

Nenhum comentário: