17 de junho de 2014

Paragem-Paraíso

John Parker
Uma noviça toma o céu

Quis ir para um lugar
Onde não falte fonte,
Nem grasse gelo áspero e bifronte;
Só lírios para olhar.

Pedi para ficar
Onde o vento não ouse,
Silente, a verde vaga ao porto pouse;
Longe, o clamor do mar.
Gerard Manley Hopkins (1844-1889)
Tradução: Augusto de Campos

Nenhum comentário: