6 de março de 2014

Existência

Antônio Canova
De teu ventre intumescido
nascem certezas e dúvidas.

E de teu suposto amor
mesclam-se esperanças e
contínuos desenganos.

Mas enquanto brotam
desejos ou fastios
tu aparecerás presente
ante o despojar da vida.

O nascimento como metafísica
sucessiva.
A morte como metáfora da
aurora perdida.

Bené Chaves

Nenhum comentário: