9 de dezembro de 2013

Stromboli

Dormes,
Belo.
E eu não, eu velo
Enquanto voas ou velejas
E inocente exerces teu império.
Amo: o que é que tu desejas?
Pois sou a noite, somos
Eu poeta, tu proeza
E de repente exclamo:
Tanto mistério é,
Tanta beleza.

Antonio Cicero
A ilha de Stromboli, no mar Mediterrâneo, foi onde Éolo, o Deus dos Ventos, deu a Ulisses um saco de couro onde estavam presos todos os ventos, exceto o "vento oeste", que o levaria de volta à sua ilha de Ítaca.

Nenhum comentário: