2 de dezembro de 2013

O Sol por destino

John George Brown
Somos
os que não calam
não se curvam
muitos mais que
o silêncio
a sombra
o desmando

o sol
é destino de
aí iremos
mesmo se sem asas
voaremos
mais alto que
o lado negro da luz
fenecerá.

António José Cravo

Nenhum comentário: